terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Mamajuana

Andei a vasculhar a garrafeira à procura de rum para atacar a constipação. Rum não encontrei que dei cabo dele da última vez, mas encontrei uma garrafa de Mamajuana que trouxe da República Dominicana e da qual já nem me lembrava. Tendo álcool e ervas e outras cenas esquisitas, fui pesquisar que podia até servir para o meu intento. Ai serve para isso e muito maissssss. Vejam só o que encontrei:

Mama Juana (or mamajuana) is a drink from the Dominican Republic that is concocted by allowing rumred wine, and honey to soak in a bottle with tree bark and herbs. The taste is similar to port wine and the color is a deep red.
The specific herbs that make up Mamajuana were originally prepared as an herbal tea by the native Taino Indians; post-Columbus, alcohol was added to the recipe. Besides being rumored to be an aphrodisiac, with many natives of the Dominican Republic claiming that the drink has similar effects, Mamajuana is also consumed for its medicinal value. The alcohol is said to act as an extract base that pulls the herbs' curative properties, creating an herbal tincture often served as a shot. The reported positive effects on health vary, ranging from a flu remedy, to a digestion and circulation aid, blood cleanser, and kidney and liver tonic.
in Wikipedia

Não será melhor parar a medicação que o médico me receitou e virar para a Mamajuana? Quanto à parte afrodisíaca... olhem, não sei! Logo se vê...

8 comentários:

  1. Agora que tens os medicamentos toma-os, não se podem desperdiçar. Mas com este elixir com tantas propriedades, para a próxima nem vás ao médico:).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. mesmo! Mas desta nem a medicação está a fazer efeito. Esta apanhou-me bem. Só espero amanhã estar melhor :-)

      Eliminar
  2. No que toca a este tipo de “medicação”, eu sempre pensei que o "antídoto" ideal era o Licor de Singeverga, mas agora vou mudar a “prescrição” para Mamajuana ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Licor de Singeverga? Ai que vou já ver isso :))

      Eliminar
  3. Quanto à parte do afrodisíaco suspeito que o efeito seja muito mais notório lá no local de onde provém :)

    No que toca ao pingo do dariz, por cá um café e um bagaço costumam produzir resultados. Vens cá no domingo, trazes a família e a gente vai pedalar ali à casa da avó simpática que nos ofereceu uns copitos dele aqui há umas semanas. Garanto que ficas boa num instante, tão macio que era :) E pelo caminho vês as belas paisagens das serras de Valongo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que se não fosse tão longe e eu não estivesse ainda tão debilitada, até que era uma ideia fixe. Vou pensar nisso daqui a uns tempos :))

      Eliminar
  4. Toma toma, uma gripe quando estamos embriagadas ate passa melhor =P

    Beijinho*

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: