quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Vai um lanchinho?




Eu nunca podia ter um fashion blog e jamais seria uma fashion diva

No meu aniversário em janeiro, Gente, eu disse janeiro? Pois disse, foi há bué da tempo, portanto, eu ganhei 2 presentes que eram vales em lojas de roupa que eu adoro. Guardei-os este tempo todo e lembrei-me esta semana que os tinha e que talvez estivesse na hora de os usar.
E dizem vocês: "Mas..."
Sim, eu sou mesmo gaja;
Sim, até gosto de vestir bem e de me emperiquitar e maquilhar todos os dias;
Sim, gosto de ir às compras e torrar dinheiro em merdas que por vezes nem uso;
Sim, agora que me lembrei do raio dos vales não descanso enquanto não for às compras.
O que acontece é que ando metade da minha vida vestida com fatos de ciclismo e de desporto e aí sim, invisto p'ra caraças. Apesar de por isso nunca poder ser uma fashion diva pois as fashion divas nunca andam de roupa de desporto que não no ginásio, vocês não pensem que eu sou uma azeiteira. É que os meus outfits de desporto são muito fashion e de marca, ok? Eu sou uma Lady! Desportiva, mas uma Lady!

quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Só para contrariar

Diz que deve ser verde...


Não está certo, não está

Meio mundo que anda no meu ginásio, bom, quase o mundo inteiro vá, anda lá porque quer emagrecer ou manter um corpo são e esbelto, tentando a todo o custo não criar certas protuberâncias em zonas perigosas como cinturas, ancas, rabos e barrigas. E outras coisitas mais, eu sei, como fazer pela saúde e pelo bem estar físico e psicológico e bla, bla, bla, bla.
Bom, estão a seguir o raciocínio? Pois é, quem tem estas preocupações tem também alguns cuidados  alimentares e foge  de certas tentações como quem foge da cruz.
O meu gym é amigo e tem um cesto com maçãs na recepção. A malta quando quer, passa e rói uma tão saudável e bela maçã. 
Mas ontem, gente, ontem não havia maçãs! Ontem havia um cesto com amêndoas!!! De todas as cores e feitios, carregadas de chocolate e açúcar, mas lindas, lindas de morrer. Toda a gente que passava, babava a olhar para elas mas nem lhes tocavam. Eu, também a babar, encostei-me  lá num cantinho e marcharam umas quantas que me foram direitinho para a bóia da cintura. Tem-me tino Gaja Maria, sua malvada, que andas ali a suar que nem um cão e depois enches a mula de amêndoas (fora os sacos que já devorei aos serões com maridão, claro).
Hoje lá estavam elas outra vez a rirem-se para mim e a piscarem-me o olho... Isto não está certo, não está!

segunda-feira, 14 de Abril de 2014

Agarra o momento!

Há momentos em que nos sentimos tão tristes, tão perdidos, tão fora de controlo.
Há momentos em que nos sentimos tão pequenos, tão invisíveis, tão perto do chão.
Não importa!
Não importa mesmo, pois há momentos em que nos sentimos tão felizes, tão grandes, tão poderosos...
Agarremos e guardemos esses momentos.


Coisas que eu vejo da minha janela

Aliás, 2 janelas, redondas e castanhas, pequenas de tamanho mas grandes em muitos outros aspectos...
É por estas e por outras que eu gosto de andar por aí a pedalar




domingo, 13 de Abril de 2014