quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

Credo que até brilham no escuro!!

Pois agora é que a porca torce o rabo e eu já não posso fingir que sou nova.
Eu bem os via a brilhar, mas achava que era das madeixas. Na dúvida, questionei cá por casa, diziam-me que eram loiros. Eu acreditava, claro. Tão queridos os meus homens, mas mentirosos. Uns grandes mentirosos, é o que eles são. Tenho afinal é um tufo de cabelos brancos e bem vista a coisa com os óculos ainda descobri mais uns quantos. Mas não pensem que se ficam a rir que já fui comprar uma trincha e uma lata de tinta. Estive na dúvida se havia de comprar de esmalte ou acrílica, mas decidi-me pela tinta plástica que dizem ser para tetos, nada mais apropriado, portanto. Ok que as rugas são de expressão e os cabelos brancos são genética, mas digam-me cá, a p@ta da idade é lixada, não?

quarta-feira, 27 de Agosto de 2014

Se há coisas que uma gaja devia ter para todo o sempre e à fartazana..

Era tempo e dinheiro, vocês não acham?
Pois que tudo na vida é uma questão de opções e escolhas, nós já sabemos e se passámos o fim do dia de 6ª feira a fazer merdas de gaja, se andámos o sábado inteiro a pedalar, o domingo na praia e a noite num jantar, na segunda outro jantar e na terça a ver um filme até à 1 da manhã, é claro que o pó de casa se reproduz que nem pulgas e as paletes de roupa para lavar e passar crescem como se tivessem vida própria. Mas eu sei, porque sei, que isto com tempo e/ou dinheiro, resolvia-se tudo que era um instante. Filha da mãe de sina a minha.

terça-feira, 26 de Agosto de 2014

E eu a achar que já tinha visto de tudo

Eis senão quando, surgiu a moda dos banhos públicos e o Facebook ficou minado de cenas de banhos, umas hilariantes, outras mais sérias, outras tristes que só elas... Ontem quase me babei de espanto ao ver o video do banho público de uma conhecida que começa com uma cena de striptease, continua com um corpo desnudo e de peles descaidas e termina de mamas à mostra com o biquini a cair com a força da água...
Ó pá! Poupem-me|! Paguem masé lá os jantares ou façam donativos à associação, mas poupem-me destas cenas tristes..

segunda-feira, 25 de Agosto de 2014

As ingratas

Sou moça que gosta de bichos. Gatos, cães , coelhos, porquinhos da índia, tartarugas, peixinhos, mas pera aí! Não, não me falem em tarântulas, cobras ou iguanas, por mais amestradas que sejam que eu gosto é de bichos assim para o normal. Só há um bicho exótico que eu gosto que é o bicho homem, de resto sou bastante normalzinha  no que toca a bichos. Mas adiante, que eu não sei o que é que uma coisas tem a ver com a outra, mas também gosto de flores e de plantas. Tenho algumas vai para cima de 500 mil anos e ate lhes ganhei afeição, mas vai não vai falece-me uma. Recentemente já me faleceram três e fiquei deveras enervada pois vi-as tristonhas e reguei-lhes as patinhas, coloquei-as em terra nova, fofa e com adubo, conversei com elas e mandei-as para o spa. Ainda assim, resolveram falecer-me, as ingratas.  Acho até que têm andado a conversar umas com as outras e decidiram-se pelo suicídio colectivo, sendo que tenho mais duas em estado periclitante. Uma pessoa a cuidar delas todos estes anos com tanto amor e carinho e vai... Resolvem falecer-me, as parvas.  Acho que vou mas e dar continuidade ao ancestral e sábio provérbio: "corte raso, sementeira nova".
Agora faleçam-me vocês também que vão ver!!

sábado, 23 de Agosto de 2014

E para não perder a embalagem...

Os meus compinchas da viagem a Santiago de Compostela gostaram tanto que hoje partimos para mais uma aventura. Arrancámos da Nazaré sempre pela costa e em Btt a subir e descer montes. Parámos em S. Martinho do Porto para o pastel de nata, parecíamos umas aves raras despertando a atenção de todas as pessoas que por ali andavam. Umas nas esplanadas, outras na praia, outras a passear e nós a pedalar, cheios de pó mas felizes e sempre a rir na brincadeira uns com os outros. Seguimos pela Foz do Arelho direito a Óbidos e subimos ao castelo, entrámos nas muralhas e percorremos a rua principal. Cada vez mais sujos e pegajosos, as pessoas estranhavam-nos e nós a curtir. Fomos voltando para trás por caminhos diferentes e voltámos a parar na Foz do Arelho para almoçar. Que bem que me soube a bela da sardinha!


Quando eu digo subir montes e vales é mais ou menos assim


E tenho de vos dizer, vale a pena descobrir o nosso Portugal e subir, subir, subir e ficar cansada e cheia de pó...


Bom, ao fim de 84 kms o raio dos gajos fizeram-me subir um caroço que não vos digo nada, pelo caminho apeteceu-me matá-los, mas em chegando lá...


Estava este moinho...
E de costas para o moinho, víamos isto...


E a  aventura terminou, muitas horas depois, após ter marchado uma fartura quentinha na praia da Nazaré e ao fim de 95 kms.



sexta-feira, 22 de Agosto de 2014

Como viajar em sendo um teso - IV e último

Posso dizer-vos que já fui a muitos sítios e por exemplo quando fui a Paris, todas estas dicas me valeram um plafond para 2 bilhetes para o Moulin Rouge (que comprei com desconto na net) e quando fui a Istanbul, deu para um espectáculo de dança do ventre. Uma vez fui fazer um cruzeiro no Mediterráneo que partia de Barcelona. Comprei-o 6 meses antes na promoção inicial e ainda negociei porque éramos 6 pessoas. O desconto que obtive deu para ir 2 dias antes e passar o fim de semana em Barcelona... 
Sei que leva tempo e dá trabalho fazer todas estas pesquisas e por vezes arrisca-se um pouco nestas compras online, mas eu, felizmente nunca tive problemas e só assim tenho conseguido viajar para locais maravilhosos. Neste momento tenho um destino já preparado para Outubro, ainda não é Praga, onde quero muito ir, mas esse destino é bastante caro para mim neste momento. É uma ilha maravilhosa onde ainda não fui. Já comprei os voos e desta vez aluguei um carro. Falta o resto mas ainda tenho tempo.
Vá, digam lá que não sou vossa amiga.