domingo, 12 de junho de 2016

E depois a blogosfera traz-nos surpresas

Há três dias peguei na minha bike, meti a minha vida, os meus medos e as minhas ansiedades nos alforges, entrei no comboio e parti para uma aventura a convite da Loira, uma pessoa fantástica que conheci na blogosfera. 
Já tinha feito O Caminho com o meu grupo de amigos e foi fantástico, mas desta vez eu e a minha bike juntámo-nos ao grupo dela, que eu não conhecia. Eles também não me conheciam mas logo me adotaram e lá fomos, todos juntos, todos unidos numa aventura de 300 kms. Ela está a voltar de bike para casa, eu, voltei hoje de carro que amanhã tenho de trabalhar, mas sem dúvida que voltei muito mais rica. Trouxe novas pessoas, novos lugares, novos momentos e emoções. No corpo trouxe marcas do sol e da chuva e na bike riscos de arbustos e de pedras. Os alforgens voltaram repletos de roupa suada e empoeirada, mas o meu coração, esse, veio cheio de tudo e a minha alma, enorme...
 Este Caminho é mágico e a blogosfera traz-nos destas coisas. Obrigada Loira!





23 comentários:

  1. Ontem lembrei-me de ti, porque estava um grupo de ciclistas junto ao marco geodésico da Serra da Melriça (Vila de Rei) que me deixou a suar só de os imaginar a subir aquele último quilómetro ahahah.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :)) já tive um dia combinado para pedalar até Vila de Rei mas depois chovia muito e não fomos. hei-de lá ir um dia destes :)))

      Eliminar
  2. Que bom Gm, fico feliz por ti.
    Sim é bom quando há esse convivio e amizade entre a pessoas e eu apesar de não te conhecer, goto de tu :))
    Feliz noite GM beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes, também gosto de tu nina. Sabes que há pessoas com quem criamos empatia logo assim que as conhecemos e normalmente o instinto não falha muito. Beijinhos :)

      Eliminar
  3. Que bom que voltou feliz e realizada.
    Na blogosfera existe gente maravilhosa. Ainda ontem tive mais uma prova disso.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Elvira. Há pessoas más mas felizmente ainda há muita gente boa. Acho que sou uma sortuda :) beijinhos

      Eliminar
  4. E depois há quem diga que isto são só blogs mas esquece-se de acrescentar 'com vida lá dentro'. :))
    Boa semana, GM.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais Ava. Talvez haja um ou outro que tenha.um boneco, gerado e criado propositadamente para a bloga, mas até esses deixam por vezes escorregar que são gente :)

      Eliminar
  5. Deve ter sido uma experiência única e inesquecível (= tão bom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi mesmo Sofia. Cada "Caminho" é inesquecível. Beijinho

      Eliminar
  6. Excelentes memórias, belo texto - bem vinda de novo "à família" daqui. Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos, desci à terra e voltei às rotinas. Boa semana

      Eliminar
  7. Pelos vistos foi uma boa experiência!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi uma experiência única Isa, como de resto são os Caminhis de Santiago, façamos quantos fizermos :)

      Eliminar
  8. A vida é o caminho que se percorre, sem dúvida, e tu fazes bem em preencher o teu da melhor forma.
    Depois daquele esforço todo, hoje ias trabalhar? Ah, com tanto esforço, bem mereces meia dúzia de pastéis de nata! :)

    Nunca pares, Gaja!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A muito custo AC sim mas fui trabalhar, tinha de ser mas tenho andado toda a semana um pouco alienada e perdida. O regresso as rotinas é terrivel :)

      Eliminar
  9. Realmente, deve ter sido espetacular :-) E uma experiência inesquecível...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inesquecível mesmo Algures. Nem sei bem como explicar quando me perguntam como correu.É un misto de sensações e emoções que ainda estou a digerir. Apesar de já la ter ido anteriormente, cada vez é uma vez :)

      Eliminar
  10. Fantástico Gaja. Já li o texto da Loira sobre esta viagem, também muito giro e tal como o teu, escrito com o coração ainda aos pulos com tamanha aventura (lê-se a emoção em cada palavra). Bom viver experiências que nos preenchem e nos ensinam, bom desafiarmo-nos e fazermos aquilo que nos faz felizes. É uma sorte poder ter a vida que queremos e sentir que temos a capacidade de ser e fazer o que nos deixa inundados de felicidade. No fundo as pessoas que querem, fazem e não se deixam sufocar pelo medo e pelas desculpas que abafam os sonhos, parece-me que são mais felizes. Acredito mesmo nisso, identifico-me com isso e é por isso que vou voltando sempre aqui.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo Vânia. conseguiste pôr em palavras muito do que eu sinto. Eu ainda ando aqui a tentar digerir isto tudo e a acalmar-me, a voltar a terra. quando começo a falar ou a escrever, aoarece-me tudo em catadupa que mal consigo parar e torno-me chata :)))) por isso evito

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar

Quem quer pensar comigo: