terça-feira, 18 de abril de 2017

Difícil de entender

Não compreendo esta angústia que por vezes me nasce no peito durante a noite apanhando-me adormecida e desamparada e acorda juntinho a mim em algumas manhãs cinzentas. Tolda-me o pensamento, atrofia-me o espírito, tira-me o ar e me inunda de tristeza. Aparece sempre em alturas inesperadas chegando de mansinho e pintando de cinzento tudo à minha volta.
Não compreendo.
Assim como não compreendo que se vá desvanecendo, dissipando ao longo do dia transformando-se em alegria e boa disposição.
Chego a pensar que o meu outro eu, sim tenho um outro eu, mais escuro e tenebroso, esteja à tentar apoderar-se de mim....

19 comentários:

  1. também me acontece e exactamente como contas, GM
    são os meus demónios materializados em bonecada que me atenta o sono.

    um belo dia para ti

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Laura. Uma noite mal dormida dá-me cabo do sistema :)

      Eliminar
  2. também me acontece :)
    dá-lhe um nome e fala com ele :)
    boa terça, Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falo bastante com ele ana, trato-o por tu e travamos muitas lutas interiores :)

      Eliminar
  3. Todos nós temos um a?Ter-ego tenebroso dentro de nós.
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  4. Acontece-nos a todos linda. O que vale é que vem e vai. E quando demora a ir temos que nos forçar a que o sol volte a brilhar. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma luta constante B, mas enquanto levarmos a melhor, tudo se compõe :)
      Beijinho

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Sim Mia, todos temos acho eu. Auto controlo é preciso :)

      Eliminar
  6. Ainda bem que o teu outro tu :) desaparece ahahahahah
    Jinhos Gajinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sacana pá! Xô meu eu negro eheheh
      Só gente doida Mena :))

      Eliminar
  7. Olha isso de ter um outro eu não é mau :)

    Eu tenho 3, e ainda ando a aprender a lidar com estas rapaziada toda :)

    Que hoje tenhas uma boa noite!

    ResponderEliminar
  8. Penso que não és a única. O meu começa mesmo ao fim da tarde.

    ResponderEliminar
  9. Acordo assim todos os dias e o pior é que não passa ao longo do dia.


    Ms. Telita | Telita LifeStyleFacebookinstagram

    • novo grupo para divulgação de blogs: blogs Lifestyle Portugal

    ResponderEliminar
  10. É a menopausa. Eu também andei assim uns tempos. eheheheheheheheheheheheh

    ResponderEliminar
  11. Toca a dar ar à bike para que o cinzento se desfaça.

    Bj.

    ResponderEliminar
  12. Tudo o que nos aparece faz parte de nós, mau é uma pessoa tentar esconder debaixo do tapete. Só há luz porque existe sombra, GM. O tempero da vida requer constante apuro e disponibilidade para, não se compadece com pseudo-zonas de conforto. Tu entendes-me, acho que sabes isso muito bem.
    Dá-lhe!

    ResponderEliminar
  13. espero que o sol já tenha conseguido romper o cinzento que não se quer o lindo azul tenha brotado...

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: