quarta-feira, 5 de junho de 2013

Quando o silêncio é ouro

Uma melodia que nos enche as medidas, o chilrear de um passarito, o vento a passar por entre as folhas, o riso de uma criança, uns passos apressados na calçada, o bater das teclas, uma folha a ser rasgada, um cão a ladrar, um carro a apitar...
Fechas os olhos e sentes a vida a correr-te nas veias. Pensas como é bom poderes sentir e ouvir e viver todas estas sensações maravilhosas. Pensas no que logo ou amanhã vais fazer de bom, na música nova que vais descobrir, no sítio para onde irá o avião que ouves a rasgar os céus, o céu azul que vês da janela e sentes uma enorme alegria.
Mas porra pah! Fechem o raio da janela que uma gaja precisa de se concentrar para trabalhar!

2 comentários:

  1. hehehe
    E eu que adoro todos esses pequeninos sons :)

    Um beijo sorridente xxx

    ResponderEliminar
  2. São sons que nos levam para longe a sonhar!

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: