quinta-feira, 19 de setembro de 2013

O meu lugar no sofá!

Tenho um especial apego ao meu lugar no sofá!
O meu lugar no sofá é daquelas coisas pelas quais lutei e que, tal como a casa e a cama, representa o meu chão, o meu conforto, o meu abrigo, a minha protecção. Ai de quem tente tirar-me o meu lugar no sofá, que uma vez tendo sido conquistado e bem tendo sido meu, nunca será de mais ninguém…
O meu lugar no sofá é o mais fofinho, o mais confortável, o mais à minha medida, o que está rodeado das minhas almofadas aos gatos, aquele onde por ser a ponta e ter um braço, consigo pousar portátil, tablet, telemóvel, pen, carregadores, óculos, agenda, papel e caneta e mais uma série de coisas e ainda conseguir vislumbrar a TV em modo quadro de fundo. Em suma, o lugar no sofá que escolhi para ser meu (ou o que sobrou depois de já todos terem escolhido vá!) é aquele onde por vezes vão parar pés de filhos, pacotes de bolachas ou aperitivos, gatos enroscados e sonolentos, mantas de quem lhe deu o calor e montanhas de almofadas sem ser aos gatos, mas que assim que eu chego ao meu lugar no sofá, posso dizer: “- Tudo fora daqui que este lugar é meu!”
E pronto, eu sou dele e ele é meu, todo meu e só meu, aquele lugar no sofá. Ponto!


3 comentários:

  1. Como eu te percebo. E o lugar na mesa de jantar?
    Para mim é sempre meu "aquele lugar". Não gosto que seja ocupado por mais ninguém :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. É teu e é teu, marca território minha querida, esse sempre é mais fofo que o selim;)

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: