quarta-feira, 4 de maio de 2016

Janelas

O meu olhar perdeu-se tantas vezes por estes dias.  A minha mente viajou, andou perdida, viu o meu corpo ali sentado naquela cadeira, quieto e concentrado, porém  apático e sem alma. A alma sobreboava todas as pequenas luzes, que se apagavam uma a uma e se uniam transformando-se em apenas uma enorme nuvem negra.
Alma essa, muito ocupada a perfurar a nuvem para deixar entrar o sol, reencontrando-se, fazendo com que cada pequena luz voltasse a brilhar e se transformasse em coisas boas. Aos poucos elas foram vindo. Corpo, alma e coração voltaram a unir-se então e eu confirmo, quando se fecha uma porta, abre-se uma janela. Ou várias.

12 comentários:

  1. O importante é estar atenta para conseguir ver as janelas ;)

    ResponderEliminar
  2. Desa(nuviando), tu bota-me os óculos menina, que por vezes as janelas, não passam de postigos mas, que dão entrada a varandas plenas de luz.

    Mais um muro escalado, certo? Assim se fazem seres humanos de força
    Abreijinho GM

    ResponderEliminar
  3. Que bom :) GM voltou à sua unidade! Às vezes, as janelas já estão abertas há algum tempo. Nós, com a cabeça enfiada na nuvem, é que não as vemos.

    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  4. .... quando se fecha uma porta por vezes um postigo é quanto basta para ter (a) luz:-)

    ResponderEliminar
  5. tenho jeito para deitar paredes abaixo... se for preciso... :)

    ResponderEliminar
  6. É verdade GM, as portas até se podem fechar. Mas vai haver sempre uma janelita 😊 Beijinhos daki prá aí.

    ResponderEliminar
  7. É verdade GM, as portas até se podem fechar. Mas vai haver sempre uma janelita 😊 Beijinhos daki prá aí.

    ResponderEliminar
  8. É verdade, nós às vezes é que nem damos por ela =P

    ResponderEliminar
  9. Acho que cabe a cada um conseguir "ver" as "janelas abertas" :)
    Que tudo corra bem por aí

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Verdade. E dizem que os sinais estão lá sempre, nós é que n reparamos neles. Por vezes o janelão que se abre é bem mais luminoso que a porta que se fechou.

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: