segunda-feira, 23 de julho de 2018

Entretanto a Oeste

Segunda semana de férias é passada aqui pelo meu Oeste. O Oeste do nevoeiro e do céu cinzento e do vento e da água do mar gelada. Filhadaputa de sorte esta que só falta chover mas que até está previsto para amanhã...
Posto isto, decidi que não ia ficar para aqui a lamentar-me e a bater com a cabeça nas paredes e hoje acordei determinada a contrariar a minha má sorte. Peguei na bike e na mochila com a tralha de praia disposta a parar apenas quando encontrasse sol. Foi ali aos setenta quilómetros, uma da tarde, almocei na esplanada e fiz-me ao areal de bike e tudo. Sei que fui o centro das atenções durante a montagem do estaminé, mas depois vieram as miúdas surfistas e a praia esqueceu-se de mim. Cheguei ciclista, encostei a bike ao pau ao lado do da da bandeira que estava verde, saquei da toalha e num instante me fiz banhista pois trazia o outfit por baixo do jersey e dos calções. Saco do protetor, óculos, livro e tomo umas banhocas no mar. Gente, do melhor. E depois, se levam pranchas de surf, rádios em altos berros, bolas e raquetes, colchões, barcos, porque não bicicletas? Não sei porque não param de olhar..
Depois do gelado fiz-me de novo ao caminho para voltar a casa. Foi um total de cem quilómetros que eu fiz hoje para ter quatro horas de praia. Tinham bastado oito kms para cada lado de carro da parte da tarde que foi quando apareceu o sol nas praias e podia ter tido uma tarde inteirinha de sol. Poder podia, mas não era a mesma coisa...






22 comentários:

  1. Tu és um espetáculo miúda. Aqui também andei 100k para ter um solsito :( m...@ para este tempo do ca...as :)
    Beijinhos GM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Mena, à tarde o tempo abre na praia e fica espetacular, mas de manhã esquece. E olhando o tempo aqui na cidade parece mau, mas se for à praia mesmo rente ao mar está bom. Vá-se lá entender isto....

      Eliminar
  2. Claro que não tinha sido a mesma coisa :-)

    Resto de boas férias, pedaladas, no asfalto e no areal, haja saúde e coza o forno.

    Beijo em TU

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Non, férias é sempre bom, só o não ter horários e ter a cabeça descansada já vale, podia era estar um solinho mesmo bom :))
      Bjinhos

      Eliminar
  3. Ahahah...muito bem miuda!
    Saudades de te ler.
    Boas férias!

    Bjnhs Gaja Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha! Bruna, há quanto tempo, por onde andas?
      Beijocas para ti :)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Isa, pelo menos faço algo que não posso fazer quando estou a trabalhar. Vejo-os passar da janela do escritório e eu nada :)) de férias é outra história :)

      Eliminar
  5. Claro que não era a mesma coisa. E o prazer de movimentar as pernas?
    Por aqui está na mesma O sol aparece a meio da tarde e não é todos os dias. E ontem à tarde se andasse de bicicleta nem precisava pedalar, que o vento trazia-me para casa.
    Verão chato!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito chato mesmo Elvira, este verão ou está a tardar ou desapareceu de vez....
      Abraço e as melhoras :)

      Eliminar
  6. Não percebes nada. Eles ficaram a olhar porque estavam a pensar como raio ias tu andar de bicicleta na areia =P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lápis, pode ter sido isso. E olha que já aprendi a técnica de pedalar na areia que por aqui há muito disso, mas nos pinhais, na areia da praia, a não ser na parte rija mesmo junto ao mar é quase impossível :))

      Eliminar
  7. E fizeste tu muito bem, toca a aproveitar e a ser feliz da maneira que quisermos, os outros que tratem de fazer o mesmo!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo Simple Girl, por mim se a família tivesse querido ir comigo, tinha arrancado de bike e mochila às costas e ía correr mundo...

      Eliminar
  8. Pelo teu e meu Oeste, a tarde esteve uma maravilha.
    Conheço tão bem essas paisagens!
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim Magui, toda a semana, praia e sol só de tarde e junto ao mar, não vale a pena ficar à espera de sinais, é ir até lá, à areia e ao mar :))

      Eliminar
  9. E fez muito bem. continuação de boas férias

    ResponderEliminar
  10. Ontem ouvi uma expressão tão engraçada acerca das praias do Oeste, que hoje já a contei num comentário à Mena do blog "Entre os meus dias".
    Dizia o meu vizinho que por aí a água é tão fria, que um gajo começa a molhar os pés e os tin-tins abalam a fugir pela barriga acima e só param nas goelas. eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AHAHAHAHAH é verdade Jota, se mergulharmos até o cérebro fica congelado. E estamos sempre a verificar se não nos cai no chão alguma peça do corpo, de tão gelada que fica :)))

      Eliminar
  11. É mesmo tudo isso que referes...
    A bicicleta continua a chamar sobre imensos olhares e atenção quando já devia passar despercebida.
    Acho que fizeste muito bem, este clima do Oeste é sempre imprevisível.
    Nunca fui até à praia de bike mas agora depois de te ler, fiquei com vontade de o fazer, why not...
    :-)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  12. Belas paisagens!

    www.trapinhartes.blogspot.com

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: