domingo, 21 de agosto de 2016

Como não podia deixar de ser

Esta que aqui vos escreve começou mais uma semana de férias. A pedalar, claro!
Vi-me negra para subir a serra e chegar lá acima, acho até que escorri todas as calorias ingeridas nos últimos tempos, mas esta fininha até deitou fumo a descer em direção a S. Martinho do Porto e do pastel de nata quentinho. Yupiii! Venham de lá esses dias de papo para o ar.

Quase, mesmo quase a chegar lá acima. Uf!!


27 comentários:

  1. Vejo que o cotovelo está melhor, e o ânimo também - (não é a imagem que vale mais que mil palavras?) :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim Teresa, quando nós queremos, tudo acaba por se compor :)

      Eliminar
  2. Oh jeitosa, que tipo de peixes se pescam nessa serra?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada que se coma Jorge, só peixe pedra e peixe mato, mas lá em baixo ao fundo há lindos moinhos, praias e um marzão imenso. Lindo :)

      Eliminar
  3. Caraças pequena, mas quantos meses tens tu de férias?
    Quando crescer, quero um emprego como o teu .))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh esta é só a terceira semana Non. O resto só lá para o Natal. Acho que é o primeiro ano que tiro tantas férias no verão, mas que sabe bem, isso sabe :))

      Eliminar
  4. É o que eu digo, quem me dera ter a tua força de vontade :) eu se estivesse de férias ia era para a praia ahahahahah mas fazes bem GM, exercício, faz muito bem :)
    Beijinho e boas férias. ( não comas muitas natas) :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também vou á praia Nina, ainda hoje lá estive e ontem também, mas sabe tão bem uma voltinha pela manhã, coisa que não posso fazer quando estou a trabalhar e os vejo passar pela janela do escritório e fico toda invejosa. Agora vingo-me :) Espero que me vejam passar e se roam de inveja eheheh

      Eliminar
  5. Boas férias, GM, e boas pedaladas. :))

    ResponderEliminar
  6. Mulher de coragem é assim. Nem se preocupa com cotovelos machucados.
    Boas férias.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredite Elvira, quando ando a pedalar nem me lembro das dores, só quando chego a casa é que as sinto :)) Abraço

      Eliminar
  7. Respostas
    1. O "dolce fare niente" sabe mesmo bem Miúda:))

      Eliminar
  8. "negra para subir a serra"... ? Não se nota nada, está tudo muito colorido. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luisa, com aquele sol e o mar ao fundo, não se vê na fotografia mas ele está lá do meu lado direito, é muita cor mesmo, quase tudo azul :))

      Eliminar
  9. Boas férias! Admiro a tua força de vontade, ainda mais com os problemas no cotovelo. Beijinhos e diverte-te :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esmy, só dou por eles quando chego a casa. Como costumo dizer a quem não me compreende, pedalar é remédio par todos os meus males :))

      Eliminar
  10. Boas férias e boa "Pescaria".
    Não te esqueças de levar a cana e a minhoca. eheheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Homem do Leme, levei tudo isso mas só pesquei no prato :))

      Eliminar
  11. Grande estilo (and I mean it).
    Foi o kit completo: bike, equipamento, sapatinhos e lacinho para o capacete :)

    Andei 10 anos só em alcatrónica até comprar a BTT. É bom usar as duas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. João, o laço foi do desafio Rapha women's 100 kms e em jeito de recordação coloquei-o no capacete, os sapatos são do btt. O equipamento "branquinho" comprei para a estrada claro, seria um instante para ficar preto no btt eheheh. Gosto da estrada sim, mas curtir é no btt, concordas?

      Eliminar
  12. Agora raramente ando de estrada mas gosto de usar a alcatrónica para fazer grandes viagens. De resto, costumo fazer anualmente os gandfondo da Lousã-aldeias de xisto (é já no próximo dia 11 de Setembro). Olha é uma boa ideia experimentares (centenas de participantes, homens e mulheres, e por locais muito bonitos). Vê na net. Outra que tenho planeado há alguns anos é o Tróia-Sagres (geralmente em Dezembro). se não conheces vê na net porque tem uma história curiosa.
    Mas o BTT é uma experiência mais "forte". Pedalar pelas serranias, caminhos, por florestas e montes é um prazer muito grande. Curtir é no btt, concordo contigo :)

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: