quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Ora vamos lá

As toalhas de praia já estão no arame, o chapéu de sol a arejar, a areia completamente limpa da garagem e do carro, a bike a descansar, as sapatilhas lavadas e arrumadas, os biquinis na gaveta. Vamos lá retomar isto.
Bem sei que as praias ainda estão cheias, os "avecs" ainda não se foram e ainda há muitos lugares vagos no estacionamento do trabalho, mas vamos lá retomar isto.
Buaaaahhhhh!

16 comentários:

  1. Respostas
    1. Nada que o entrar na rotina não resolva Non, depois é só meter a velocidade de cruzeiro e zarpar por aí fora :)
      Beijinhos (andas caladita lá no teu canto ein? :)

      Eliminar
    2. Tenho 4 blogues, tenho estado a dar um empurrãozinho no humorísticas :-)

      Eliminar
    3. Ai melher, 4? isso é muita trabalhera não?
      Acho que não conheço esse de que estás a falar, vou investiga :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Obrigada Sys, só custam os primeiros dias :)

      Eliminar
  3. Deixa lá...
    Eu ainda nem fui, por isso não te queixes... guarda as boas recordações e manda esses dissabores do trabalho para trás das costas para não perturbar mais o teu regresso...
    Bom regresso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda não foste Timido? Dizem que quem ri por ultimo ri melhor, quando já todos estivermos a bulir, estás tu de papo para o ar :)

      Eliminar
    2. Ou não, que as minhas férias avizinham-se complicadas, e os próximos dias que tiver vão ser para trabalhar em casa (ninguém me manda meter na cabeça que tenho que fazer umas pequenas obras e pintar a casa...).

      Eliminar
  4. O que tem de ser, tem muita força.
    Pró ano há mais. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda tenho férias Jota Esse, mas vou guardá-las lá para o outono, vão saber tão bem :))

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Temos de ir à vez Luisa para assegurar os serviços mínimos deste país :)) Logo chega a tua vez.

      Eliminar
  6. O que custa é que, ao chegar-se ao trabalho, tudo que estava à espera continua à nossa espera, acrescentado por mais umas coisitas que, entretanto, foram chegando.
    O que vale é o bronze, metal semiprecioso.
    Bj.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo Agostinho, enquanto houver bronze há esperança :)))

      Eliminar

Quem quer pensar comigo: