quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Tu não existes

Não tens Facebook, Instagram ou blog...
Não sei por onde andas, o que fazes, se estás doente, se estás de férias, se trabalhas ou estás desempregada, se queres sair comigo, se precisas de falar ou outro tipo de ajuda ou se apenas queres ficar sossegada no teu canto...
Parece que não existes.
Vou ter de te telefonar.

26 comentários:

  1. ...ups - o telefone, pois. "Sorte de quem tem um"! :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antigamente ou tínhamos de telefonar ou visitar as pessoas Carlos, hoje sabemos quase tudo das pessoas sem sequer falarmos com elas....

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Quase estranho não é Ana? hoje em dia nem precisamos falar com ninguém para sabermos tudo de alguém

      Eliminar
  3. É assim que se pensa agora, não é? eheheheh

    Beijinho Gajinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é Non, ser um ET é não ter Facebook, Instagram ou blog :))

      Eliminar
  4. Vá lá... tem telefone. Se não tivesse, tinhas que fazer sinais de fumo, ou mandar um pombo-correio. lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este post é irónico Jota Esse, eu sou do tempo em que falar olhos nos olhos é que era, acho a dependência atual um abuso :)

      Eliminar
    2. Um verdadeiro "abúzio". Hoje é tudo pela internet e em andamento. Os laços de amizade estão limitados a meia dúzia de liks no facebook, ou um e-mail quando o assunto é mais sério. Até um telefonema é demasiado intimista. Perguntam logo: então, está tudo bem? Como se tivessem alguma coisa que se meterem na nossa vida. eheheh

      Eliminar
  5. Quando se quer saber, de facto, de alguém, parece-me a melhor opção...
    Um dia destes telefono-te.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa Teresa, ficaria feliz com isso. Eu sou daquelas que ainda fica triste quando os amigos do peito por exemplo me parabenizam pelo Facebook no aniversário :)

      Eliminar
  6. É uma boa forma de não existir, essa... :-)

    Uma vez uma colega - há já uns anos - quando eu tive de confessar não poder aderir a um certo grupo de facebook por não ter, nem querer ter, facebook - disse-me toda admirada: Ó Susana, até a minha mãe tem facebook!!
    Foi mesmo giro. (mas eu safo-me nisso de existir, sempre tenho blogue) :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por vezes até sabe bem não existir Susana. Eu não sou dependente do Facebook, mas acho graça quando lá vou, ver a vida das pessoas ali escarrapachada e quando preciso saber por onde anda alguém é fácil, é ir ao face ou ao Instagram :) tempos modernos...

      Eliminar
  7. E porque não marcar um café nesse telefonema, num sítio sem Wi-Fi?! ;)

    (Devo ser então um semi-ET, pois não tenho Facebook, Twiter ou Instagram... só blog... estou perdido)

    P.S. Detesto estar num jantar de família ou de amigos, e haver alguém na mesa agarrado ao smartphone.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual Eros, eu até me sinto ofendida se vou a um jantar de amigos ou família e está tudo à mesa nas redes sociais....

      Eliminar
  8. Ahahahah é a desivolução :(

    Beijinhos miúda gira ☺

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha quem voltou, ainda estás de férias miúda? Beijinho Mena

      Eliminar
  9. Eu também quase que deixei de existir agora durante uns tempos e... soube-me bem (=

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabe bem sim Sofia. Para alguns é uma questão de opção estar desligada das redes, para outros isso nem é uma opção, acompanham o andar da virtualidade naturalmente e pronto :)

      Eliminar
  10. O ideal será não ter nada.
    Inscrever-se uma cartinha, Lambe-se o selo, deposita-se num marco e espera-se uma semana pela resposta. Grande emoção!

    Bj.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ora aí está Agostinho, há quanto tempo não escrevo uma carta :)

      Eliminar
  11. Um telefonema sabe sempre tão bem:) Voz é voz!
    ~CC~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo CCF, embora possamos conversar no messenger ou por sms, olhos nos olhos e viva voz é outra emoção :)

      Eliminar
  12. A viva voz sabe muito bem!

    Beijos, GM :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois sabe Maria Tu, mas daqui a algum tempo já nem se sabe o que isso é.
      Bjs Maria

      Eliminar

Quem quer pensar comigo: