sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Digam-me cá vocês que sabem das coisas

São histórias mirabolantes, maldades do arco da velha, autênticas novelas Mexicanas pejadas de acontecimentos maquiavélicos que até fazem arrepiar os pelos de quem nem sequer os tem.
Serão os ou as colegas de trabalho "malvados" um mito e as pessoas é que gostam de se armar em vítimas e culpar sempre os outros por tudo ou são de fato uma realidade estas pessoas que fazem a vida negra aos colegas?

27 comentários:

  1. não te posso ajudar, não tenho colegas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esses pelo menos não são bons nem maus ana :)

      Eliminar
  2. Há gente que só se sente feliz a fazer a infelicidade dos outros.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que há de tudo Elvira, alguns tem uma vertente de malvadez mas também se encontram outros que são muito boas pessoas. Como não podemos escolher, deve ser preciso sorte :)

      Eliminar
  3. Só te posso dizer que: sempre gostei muito mais de trabalhar com homens, embora tenha encontrado alguns, mais mesquinhos e cuscos que algumas dessas más colegas que também existem - ó lá se existem.

    Receita: Não passar cartão a mal vestidos de espírito :-)

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já encontrei de tudo Non, mas também prefiro mil vezes trabalhar com homens, pelo menos esses, na maioria das vezes não nos vêm como adversários ou concorrentes, além de que são muito mais descomplicados, é tudo muito mais simples :)
      Beijoca

      Eliminar
  4. Eu cá não sei de nada. mas tenho a certeza (quase, vá) que existem pessoas que têm orgasmos a fodiscar os outros e fazem disso um modo de vida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já vi algumas pessoas Magui que têm desses orgasmos, sim, mas eu cá também não sei nada :))

      Eliminar
  5. Manda os à M...@ nem que seja em silêncio :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ignorar é o melhor remédio Mena, dá-lhes nos nervos eheheh
      Beijocas

      Eliminar
    2. Eu mando muita vez em silêncio lol

      Eliminar
  6. Naaaa...há mesmo gente que trabalha ao nosso lado que são destilarias de puro veneno!

    Boa noite

    -___-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será que um antídoto funciona Sol Negro? Há pessoas realmente boas mas outras...
      Boa noite :)

      Eliminar
  7. Existem, sim senhora. Mas alegra-te: já existem brigadas de extermínio dessa praga. Cobram um bocadito mais que aquelas que vão fazer a desratização, mas valem o investimento =P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda bem que há Lápis e só podem cobrar muito, que as cobras são muito difíeis de apanhar :D

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Manel, gostava de viver numa espécie de redoma anti "certas cenas" mas infelizmente moro num mundo real...

      Eliminar
  9. Acho que as duas são verdade, há quem goste de ser a vítima e veja ataques onde não os houve e acho que há quem seja mau colega

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por via das dúvidas Sofia, é sempre melhor confiar desconfiando :)

      Eliminar
  10. O meu falecido pai costumava dizer, em jeito de conselho: sabes quem é o teu inimigo? O oficial do teu ofício.
    O ser humano é o que é. De tão limitado, tende a obedecer a instintos primários para se sentir vivo. Nada de novo, GM, infelizmente é assim que as coisas são.
    (Viva a diferença!)

    Abraço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso mesmo AC, não adianta ter ilusões, nada de novo.
      Abraço

      Eliminar
  11. É verdade. Normalmente os ataques partem dos incompetentes que, não encontrando em si capacidades para subir, fazem tudo para subir às costas dos colegas.
    Arrisco-me a que o que vou dizer venha a ser mal interpretado, mas as mulheres são, normalmente, as mais venenosas entre elas. Dirigi uma secção maioritariamente de mulheres (costureiras) e foi o cargo mais difícil que desempenhei na vida. eheheheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo contigo Jota Esse, é bem mais fácil lidar com homens do que com mulheres e também é verdade, somos umas cabras umas para as outras :))

      Eliminar
    2. Ei, o que para aí vai - é certo, que mesmo gostando mais de trabalhar com homens, nem todas as mulheres são cabras, nem todos os homens anjinhos, bamo lá ber a coisa eheheheh

      Eliminar
    3. Eheheh OK, OK, algumas são fofinhas e amigas sim, não podemos generalizar e eu até nem me posso queixar, em toda a minha vida profissional só conheci uma "cabra dessas" mas valia por duas vá :)))

      Eliminar
  12. Cara GM,
    tinha aqui a prosa feita e zás-catrapaz, sumiu. Vou resumir. Tentar. Tenho que ir à vida.
    Há dois tipos. Os que choram para que lhes passem a mão no pêlo, mesmo aqueles que fizeram depilação definitiva, e os caniche que se desfazem em sorrisos pepsodent para nos borrarem o caminho com montinhos.
    São gente da pior espécie. É ajudá-los a um formigueiro para se cantarem.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  13. Ainda hoje me interroguei sobre isso.
    Porque é que as pessoas num ambiente de trabalho não podem ser amigas? Porque é que têm todas de andar a tramar as outras? E sendo assim, onde «encaixo» eu? Nunca fiz ou quis ou pretendi ou senti o espírito a desejar essas coisas... E se todos competem uns com os outros, então somos todos culpados.

    Infelicidade tua se conheceres alguém no emprego. Não podes ser amiga dessa pessoa, gostar dela, ter uma relação de amizade. Podes ter de sexo, claro... lol. Coisas assim descartáveis. Viras até alvo de comentários sexuais. Não há colega que não pape colega que os outros não saibam.

    Provavelmente se conhecesses essa mesma pessoa FORA do ambiente de trabalho, ias tratá-la de forma diferente. RESPEITAR. Ao invés de destratar. Honrar, ao invés de abusar. Tratar com bom modos, ao invés de ser autoritário ou agressivo.

    O QUE ANDAM TODOS A PRECISAR É DE UMA RE-APRENDIZAGEM DE COMO SE COMPORTAR NO EMPREGO. Estes mais se parecem com o faroeste do que com uma cidade civilizada.

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: