segunda-feira, 25 de junho de 2018

Saber amar

Pegou numa borracha e um a um foi apagando os que aparentemente não lhe queriam bem. Quando deu por si viu-se só, submerso na solidão e na angústia da sua vida apagada e triste. Esqueceu-se de esquecer e de perdoar. Esqueceu-se de amar....

20 comentários:

  1. Sim, acontece "não saber amar" do jeito que sintetiza - principalmente a quem "esquece de esquecer...". Boa semana, cara presidente da "Confraria dos amigos da G.M." :-) - (...esta "saiu-me" na hora, agora...)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Carlos, sempre tão gentil :) sim, há quem esqueça de esquecer certas atitudes dos outros para consigo, tanto as más como as boas.
      Talvez... haja várias formas de amar :)

      Eliminar
  2. Quem não sabe amar, também não sabe perdoar.
    Gosto dessa imagem.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se haverá quem não saiba amar e ou perdoar Elvira, talvez haja quem não saiba ver o amor dos outros na sua forma pura e desinteressada. Para algumas pessoas o amor traduz-se em coisas, não em sentimentos e atitudes :)
      Abraço Elvira

      Eliminar
  3. boas
    saber amar é saber deixar alguém te amar .
    Lindo

    ResponderEliminar
  4. Porque julgamos pelas aparências, muitas vezes apagamos quem, aparentemente, não nos quer bem. No fim, não é raro ficarmos só com quem nos quer mal, porque esses são dissimulados enquanto os primeiros podem estar em bruto, mas são puros.
    Também não entendo quem não sabe perdoar e é curioso, mas a maioria das pessoas que conheço assim, aparentam uma moral elevada e estão sempre acima de qualquer suspeita.
    Estou convencido que alguns deles não perdoam por julgarem o perdão um ato menor, quando, na realidade, o perdão é dos atos mais nobres que um ser humano pode manifestar. Quem não sabe reconhecer os erros dos outros, dificilmente saberá reconhecer os seus. E bem podem empoleirar-se para parecerem mais altos, que serão sempre seres mais rasteiros que uma cobra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo Jota, o perdão é dos atos mais nobres do ser humano. Havíamos de o treinar e praticar todos os dias ao invés de desgostar e odiar. Seríamos todos muito mais felizes :)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Ou então vive encarquilhado em rancor Magui.

      Eliminar
  6. A borracha é um instrumento que se deve usar com cuidado.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com muito cuidado Luisa, muita conta, peso e medida. Quando se apaga alguém é quase sempre definitivo :)

      Eliminar
  7. Queria usar essa borracha apenas uma vez… bastava uma única vez...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entendo Deia :) Com o tempo isso vai. ABraço

      Eliminar
  8. Nem sempre é facil perdoar, pelo contrário às vezes é preciso.
    Beijinhos GM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade Mena, por vezes não é fácil mas é o caminho a seguir. Perdoar e seguir em frente. Beijinhos

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Dizem que as novidades são no continente, lá deve haver :))

      Eliminar
  10. Sou do contra.
    Só se sabe amar, se antes nos soubermos amar.
    Perdoar não é esquecer, nem deve ser, mas também não deve ser remoer.
    E por último, não se pode viver sem ninguém, mas pode-se viver sem muita gente. Poucos e bons.
    Aqui para nós, cautela e canja de galinha, nunca fizeram mal a ninguém.

    Boa noite Gajinha
    Beijo em TU

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Non, não esquecemos mas devemos perdoar. Só assim se consegue seguir em frente e estar em paz. E estou contigo, poucos e bons :) Jinhos

      Eliminar

Quem quer pensar comigo: