quinta-feira, 27 de março de 2014

Lixo

Faço reciclagem do lixo e até sou bastante cuidadosa no que toca a separação do papel, plástico/metal e vidro. Também coloco óleos e pilhas nos contentores destinados para o efeito, mas mesmo assim produzimos em casa quantidades industriais de outros lixos que não temos como tratar e isso aborrece-me de todo. Restos de comida, cascas, folhas de jardim, etc, já para não falar da areia suja dos gatos, lixo proveniente do aspirador e outras coisas que  não têm destino definido. 
Fala-se muito que antigamente ninguém reciclava nada e que por isso os portugueses não têm esse hábito enraizado. Isso não é verdade, pois só não se reciclava o que nós reciclamos hoje que era o papel, metal, plástico e vidro, tudo o resto que hoje não sabemos onde colocar, os antigos reciclavam.
Tinham gatos para comer as espinhas e os restos de peixe, cães para os ossos e os restos de carne, galinhas para frutas e verduras e porcos para todo o resto, com os porcos marchava tudo. Dos dejectos dos animais e das folhas mortas faziam adubo para as terras e ainda outras coisas mais.
Hoje, na era da reciclagem, cães e gatos comem ração (os meus também) e já ninguém tem porcos ou galinhas, no entanto continua tudo a fazer lixo... E mais, vejo quando pedalo pelos pinhais tudo quanto é coisa despejada a céu aberto. Não imaginam as porcarias que se vêm por todo o lado. 
Por este andar ainda acabamos soterrados numa montanha de lixo...



4 comentários:

  1. O lixo é um dos maiores problemas do planeta e os três Rs já não chegam para o resolver!!!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  2. Concordo plenamente contigo :) A reciclagem sempre existiu embora de modo diferente =)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. O lixo e a forma como é tratado por grande parte das pessoas incomoda-me e irrita-me. Não há respeito por nada, nem por ninguém. O execesso de resíduos é um dos mais graves problemas do planeta, bem como a forma como são produzidos e os recuros naturais gastos na sua produção. Quando se fala deste assunto, a maioria das pessoas enfia a cabeça na areia e faz de conta que o assunto não diz respeito. Quanto mais se adiar tomar medidas mais o planeta adoece.
    Eu não faço tudo para o salvar, mas faço tudo o que posso era bom que todos fizessemos o mesmo!
    beijinhos

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: