terça-feira, 18 de agosto de 2015

A cobra

Íamos a pedalar por cima da ponte, ali entre Pedrogão Grande e Pedrogão Pequeno e parámos para espreitar o rio Zêzere lá em baixo. Foi quando a vimos, chamámos-lhe de imediato "a cobra". Isto é só uma parte, pois a puta da cobra vai do rio até lá acima às casas, tão grande que nem a consegui apanhar toda.


Ora ali estava um belo de um desafio, disse um. Dasse! Só gente doida, pensei, aquilo parecia o Alpe d'Huez da volta a França, eu não vou conseguir, disse eu logo. Eis senão quando, dei por mim atrás deles à procura do caminho para subir a cobra e a pensar "Ora, eu consigo, eu consigo, eu consigo"

Conseguem vê-los lá em baixo na ponte?
E agora, mais perto, já vêm? Pois...
Eu disse-lhes que partia um pouco mais acima para lhes tirar fotos a subir e depois acompanhava-os, mas não, assim não valia disseram eles, tinha de partir lá de baixo... Aí fui eu... Dasse!
E ponham "Dasse" nisso, que ela era inclinada e comprida como um raio, em calçada romana e com alguns buracos. Até eu fiquei surpreendida, que por vezes menosprezo as minhas capacidades, mas consegui mesmo subir o caraças da cobra sem desmontar e sem parar. Claro que cheguei lá acima sem vontade de tirar fotos, o coração a querer saltar pela boca e as pernas tremiam-me tanto que tive de parar um pouco para descansar e beber toda a água que levava comigo. Se me tapassem a boca finava-me ali mesmo.

Mas tenho de confessar, não me cabe uma palha no cu. Eu e a minha máquina nova somamos e seguimos.

(Desculpem-me o superego, isto passa. Há momentos em que pequenas vitórias nos sabem como pão para a boca...este, por coisas cá minhas, foi um deles)

10 comentários:

  1. Bem, acho que isso não passa. Pelo menos a mim ainda não passou. Parabéns Gaja, és grande.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há quem não entenda estas coisas... Mas eu sei que tu me compreendes :))

      Eliminar
  2. Jesus isto é maior que uma Anaconda gigante! Parabéns Gaja, entendo perfeitamente esse superego.Na minha modesta opinião isto parece-me mais uma grande vitória!

    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estava a precisar desta pequena vitória. Obrigada :)

      Eliminar
  3. Mais uma vez se comprova que quem corre por gosto não cansa. Quer dizer... cansar cansa nas... vocês entenderam-me :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois cansa, mas entendi perfeitamente :) Beijinhos

      Eliminar
  4. Parabéns!!!! Não há cobra que vença a Gaja Maria! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Venham cobras e lagartos e gente tentar derrubar-me. Não hão-de conseguir :)

      Eliminar

Quem quer pensar comigo: