segunda-feira, 23 de março de 2015

Esta noite, ai esta noite

Duas e meia da manhã e eu sem conseguir reconciliar-me com o meu sono de beleza. Fechava os olhos com força mas o sono não chegava. Virava para um lado e para o outro, nada, à noite não há passarinhos a chilrear para eu me distrair e as ovelhas para contar tinham fugido todas, assustadas com o meu resmungar. Só tinha mesmo o raio da minha gata Maria a dormir enroscada em cima da cama no preciso local para onde me apetecia esticar os pés. 
Isso e aquela pergunta a bailar-me nos ouvidos:
"Então e onde é que vais colocar mais uma estátua minha, amanhã dia 23 (hoje portanto) por mais um ano a aturar-te? Ao lado das outras todas??"
Engraçadinho! Quando ele vir a estátua que eu tenho ali no carro para pôr no peciché mesmo ali a olhar para ele... Ihihih

13 comentários:

Quem quer pensar comigo: