segunda-feira, 25 de maio de 2015

"Vaipes"

Quando os vi amontoados no chão até me apeteceu chorar, eu que nunca choro. Eu que tenho pedras no lugar do coração apeteceu-me chorar, pegar num saco colocá-los todos lá dentro com muito cuidado e leva-los para casa, guarda-los numa gaveta do pechiché...
Estão a ver aquelas galinhas de pescoço pelado, estão? Sou eu!! Mandei dar umas valentes tesouradas nos meus três longos cabelos que tantos anos demoraram a crescer. O "vaipe" andava aqui a atormentar-me e eu pimba! Dizem que pareço a minha irmã e considerando que ela tem mais 7 anos do que eu, estou satisfeitíssima, portanto. Agora somos duas, iguais, cotas e de pescoço pelado.... Snif!!

17 comentários:

  1. Ups!
    pode ser que não esteja assim tão mal e... (mesmo sendo daquelas verdades universais que toda a gente te vai dizer...) ele volta a crescer!
    Entretanto, passas o Verão (com o calor e tudo) mais leve!
    :)
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que já me estou a habituar e bom vai ser mesmo andar de capacete sem ganhar nós no rabo de cavalo :))

      Eliminar
  2. Não te posso apoiar e choro contigo. Vou aqui confessar-te: como não me crescem os cabelos, deve ser uma praga que me lançaram, não consigo entender as mulheres que os usam curtos. Especialmente quando chegam a uma certa idade. Cortar o cabelo da minha filha por exemplo, é uma tormenta tão grande que a miúda anda de longos cabelos quase desde que nasceu. Não sou capaz, não sou e pronto.
    Mas se crescem rápido, nada temas.
    Abraço e força!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus também não crescem muito, demorei anos para ele chegar ao comprimento que tinha, mas por isso mesmo, há anos que me sentia igual e precisava mudar alguma coisa. Também não gosto de ver as mulheres muito peladas :)))

      Eliminar
  3. Também tenho de fazer um corte, mas acho que não vou cortar muito se não depois arrependo-me...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... quando o vi no chão... até que era bonito, ia-me dando uma coisa má... :(

      Eliminar
  4. Ai, não me digas nada, que eu ando a adiar a minha ida ao cabeleireiro. No ano passado fiquei traumatizada e ainda não recuperei totalmente ... aquilo não foi um corte, foi uma tosquia!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheh o que vale é que volta a crescer. Corta só as pontas para arranjar o corte e o manter saudável :)

      Eliminar
  5. Eu agora de verão ando sempre com os cabelos bem curtinhos,sabe lindamente!! Muito boa semana para ti e até breve!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade que o fresco no pescoço até sabe bem :))

      Eliminar
  6. Tb deu me esse vaipe quando os meus começaram a esbranquicar..
    Agora estão em crescimento... Mas os meus crescem como milho de cabo verde
    Kis:=>}

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sortuda! Eu vou voltar a penar anos e anos até os meus voltarem ao tamanho que tinham :))

      Eliminar
  7. Como te compreendo, cortar o cabelo é daquelas angústias que nos leva a remoer nos cortes que fazemos.
    Mas pensa positivo, que está calor, que lavas e secas o cabelo mais depressa, e que vai crescer em força para o Outono...
    ;)

    ResponderEliminar
  8. Há 10 anos cortei 40 cm ao meu cabelo num desses vaipes, jurei que nunca mais o faria :P

    ResponderEliminar
  9. Também já tive um impulso desses há uns anos.

    Tens desafio no blogue. Um desafio simples e divertido, parece-me:
    http://rainingdaysandmondays.blogspot.pt/2015/05/fui-desafiada-2.html#more

    Bjoka,

    ResponderEliminar
  10. ahahaha as galinhas... aposto que estás bem!!!

    ResponderEliminar
  11. Pensa assim, cabelo curto é bom pro verão, sempre arejas mais ;)

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: