domingo, 3 de abril de 2016

Nascente

Quantas e quantas vezes eu já vi esta nascente triste, seca, praticamente estéril. Não foi o caso neste fim de semana pois a nascente do rio Lis está bem viçosa neste momento. Da terra brota água, límpida e cristalina, inundando as pedras e dando vida a tudo á sua volta. Mais á frente o caudal vai-se adensando e regando as plantações, as árvores, as flores e dando guarida a peixes e patos. A viagem deste fim de semana foi desde a nascente quase até ao mar onde ambos se fundem, uma viagem fantástica e alucinante. onde se podem lavar todas as tristezas, afogar todas as desilusões e ver a vida a nascer. Em breve conto seguir um outro rio bem maior, uma viagem bem mais longa e, espero, igualmente fantástica. Água é vida.




35 comentários:

  1. Uma das desilusões da minha vida foi ir à nascente do Tejo (1994) e constatar que em vez de água, o local estava transformado na cagadeira de excursionistas. Nem uma gota. :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também já vi esta nascente seca muitas vezes, mas por acaso está sempre muito bem preservada e as pessoas respeito esse cuidado, mas nem sempre é assim, eu sei :)

      Eliminar
    2. Não sou muito viajada mas como estão a falar da única que conheci, quando lá fui era inverno e tinha chovido bastante. A nascente estava cheia de turistas, a colher água em garrafas de plástico, a passarem a barreira e a enfiarem-se por entre os rochedos para ir espreitar dentro da gruta, a tirar fotografias a si mesmos, que na altura ainda não tinham inventado o termo selfie. Mas existia água límpida, muito bonita. É só abstrair-nos da turistada e sentir a energia do local. Se um dia regressar, espero não vir a constatar esse lado mais avassalador que a beleza do local :)

      Eliminar
  2. à espera da proxima viagem...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. É mesmo, GM. Faz boas viagens e vai-nos dando conta delas, assim passeamos contigo. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Havia de parar de chover Ava. Os passeios são bem mais bonitos com sol :)

      Eliminar
  4. Lindas paisagens GM, o rio e tu é claro :)
    espero que esse rio bem maior e essa viagem bem mais longa te leve realmente a algo muito bom.
    Beijinhos GM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostava tanto de o fazer que até tenho medo que nao se realize. Beijinho Nina, boa semana :)

      Eliminar
  5. Paisagem lindíssima... Sempre a pedalar ;)

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. Tudo é muito bonito ali a volta especialmente quando está tudo verde com agora :)

      Eliminar
  7. Que paisagem bonita amiga.
    Não me diga que vai seguir o Mondego.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também é lindo o Mondego, mas vai ser o Zêzere desde a Serra da Estrela até Constância. Beijinho Elvira

      Eliminar
    2. Ah! O Tejo seria mesmo algo demasiado extenso e envolveria outros transportes, teria de ser um percurso parcial. O Zêzere desde a nascente deve ser fantástico. Conheço Constância, local onde o Zézere com as suas águas frias e o Tejo se encontram. Tem uma excelente viagem!

      Eliminar
  8. A propósito de seguir rios, já ouviste falar da "grande rota do Zêzere"? Nasce no Covão da Ametade no coração da Serra da Estrela. Tudo marcado como deve ser para fazer de bike. Google aí que aparece.
    E, já agora, onde é que fica a nascente do rio Lis?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já ouvi falar e a viagem já está a ser preparada. 370 kms; 4 dias a pedalar. Vamos ver se o tempo colabora :) a nascente do ruo Lis é em Fontes, perto de Leiria. Lindo :)

      Eliminar
  9. Bonito de ver (...e de ler!), mas não "invejo" o passeio, tenho (quase) igual aqui, no meu sítio. Lindo, lindo é ir do Piódão a Chãs d'Égua,a pé ou de bicicleta!Já falei do Centro de BTT que existe no Parque do Prado, em Coja. Não? Prometo imagem a preceito para que fique tentada com a visita...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. EStive em Chãs d'Égua no Piodão em Outubro para uma caminhada com amigos. Lindo mesmo. Sortudo :)

      Eliminar
  10. ...Entretanto, o centro de BTT (oficina, lavagem e duche para os atletas) foi inaugurado. É assim:
    https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=939517132739926&id=254947951196851

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece-me bem Carlos. Mais uma viagem a conseiderar :)

      Eliminar
  11. O teu remate final "água é vida" encaixa na perfeição hoje que chove e chove e chove que se farta :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Põe água nisso, fartinha Vizinha, já chegava de água não? :))

      Eliminar
  12. Respostas
    1. Estas coisas laam.nos a alma Sónia. Beijinho

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Uva, tens de vir até aqui dar umas pedaladas :)

      Eliminar
  14. As palavras também ficam claras e cristalinas como a água, e ao ler-te é esse som que ouço, da água que corre com vida, até ao mar.
    Boa semana, GM.

    ResponderEliminar
  15. Eu que sou uma apaixonada pela nossa água adoro essa nascente. Fui aí buscar energia uns dias antes do meu filho nascer, talvez devesse ter ido buscar menos...eheh

    ResponderEliminar
  16. Belo, sem dúvida.
    Ainda hoje recordo quando passei pela nascente do rio Tejo. Água cristalina, uma sensação de se estar num lugar especial. O início da vida.

    É para a do Tejo que vais?

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: