quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Memória seletiva

Não lembro as palavras
Não lembro a expressão
Não lembro o dia ou sequer a hora
Mas lembro
Perfeitamente
As promessas em vão

17 comentários:

  1. Ou seja, não esqueces o BEM nem o MAL que te fazem, mas esqueces as minudências :-)

    Beijinho, Bem vinda ao clube

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na verdade Non há um ou outro que fica mas no geral acabo por esquecer... Nao sou de guardar ressentimentos mas sim de criar certa distância. Jinhos

      Eliminar
  2. Respostas
    1. ana, Memória, audição, escrita... tudo selectivo. É o melhor :)

      Eliminar
  3. Quem tem assim uma memória selectiva merece o meu respeito e apreço.
    .
    * Exultação de um amor intenso *
    .
    Votos de um dia feliz

    ResponderEliminar
  4. Quanto mais vamos conhecendo as pessoas, mais seletivas somos.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elvira, no fundo é um escudo protetor, experiência da vida :)

      Eliminar
  5. Existem momentos na nossa vida que ouvimos precisamente aquilo que estamos necessitados de ouvir, mesmo sabendo que não vai acontecer e mesmo assim acreditamos, naquele instante acreditamos e nesse mesmo instante isso faz-nos sentir bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Magui, mesmo sabendo que é em vão, por vezes temos de acreditar. É mesmo isso :)

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Pois são C. essas demoram mais a passar, são as promessas não cumpridas.
      Bjs

      Eliminar
  7. Olha, a minha gaja tem memória de galinha. Diogo-lhe uma coisa hoje e amanhã já não se lembra. Mas quando discutimos por causa de alguma merda que ela fez, vai buscar cenas com 30 anos para me atirar à cara. E se eu embirro que ela me diga:
    - Ah e tal, mas tu uma vez também "fizestes" isto, ou aquilo.
    - Opá, isso foi há 30 anos mas eu mudei, aprendi com os erros, enquanto tu andas a levar nas orelhas pelas mesmas merdas, há 40 anos e não há meio de aprenderes. eheheh

    ResponderEliminar
  8. De promessas ta o mundo cheio GM eu já nem ligo :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Em alguns momentos a memória seletiva é mesmo uma dádiva.
    Cadinho Roo

    ResponderEliminar
  10. A vida é eterna promessa. Cabe-nos a nós, sempre com a ajuda dos outros, dar a devida configuração à coisa.
    Culpas? Não é por aí, GM, isso é mero sinal de que estamos a fraquejar.

    Um abraço :)

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: