quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Saber amar

Disse-me, olhando distraída como quem se sente perdida, que o amor lhe fugiu e se escondeu em parte incerta. Disse-me que seu coração mirrou e se encontra encarquilhado. Já não sabe esperar, pacientar, contornar, já não sabe proteger ou amparar, já não sabe cuidar ou gostar. A não ser de si. E de si tem dúvidas. Sente-se órfã de coração e de amor.
Eu.... não tive palavras.
Acho que também eu já não sei amar.

26 comentários:

  1. Amar não se desaprende. :)
    Beijinhos,
    A.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amor, o amor não se desaprende mas talvez o coração endureça um pouco :)
      Beijinhos

      Eliminar
  2. No dia em que conseguir cuidar de si e gostar de si mesma, estará, agora sim, apta a amar toda a gente.

    E tu cala-te amoruda mor :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo Non, quem poderá amar outros se não se amar a si próprio? Só que às vezes o coração está duro e o amor fica manso :))
      Beijocas

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Magui, amo sim e muitos, mas finjo que não..
      Jinhos

      Eliminar
  4. A tua mãe? tens de lhe dar força, tens de lhe demonstrar o amor que tens por ela.
    Beijinho GM

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é Mena, com jeitinho e ternura tudo se compõe.
      Beijinhos

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Não sei bem Isa, por vezes os argumentos dos outros servem-nos como luvas.

      Eliminar
  6. Lamento discordar do último parágrafo do seu post - há "provas" públicas do contrário :-). Sei que estamos no inverno, tempo chato de suportar...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Carlos nem me diga nada, estes dias de moinha dão cabo dos nervos, deixam-nos apáticos...

      Eliminar
  7. Amor? Como tudo o que há também se perde. Mas, calma, primeiro é preciso sabe-se o que é.
    Obrigado pela visita depois de tanto tempo eu andar noutra galáxia.
    Bj.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São palavras Agostinho pois amanhã já o coração transborda de amor :)

      Eliminar
  8. O amor maior é aquele que cada um sente pela pessoa que é. Mas como todas as coisas, o amor também se aprende.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elvira, o amor é como tudo, deve ser alimentado.
      Abraço

      Eliminar
  9. Nunca o caminho percorrido é o mais acertado logo que reavemos a nossa capacidade de autocrítica e nos imaginamos pelo outro que não percorremos. O percurso que não fizemos é sempre melhor, e o melhor que teríamos feito, só porque se pensa que se se pensasse não se faria.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Patife, tens razão, mas devemos contrariar isso. A vida é feita de escolhas e quando escolhemos um caminho, é nunca olhar para trás, para o outro que lá ficou por seguir. É olhar em frente, sempre :)

      Eliminar
  10. Acho que amar é ccom andaa de bicicleta. Quando olhas para ela (a bicicleta) pensas que já não sabes como se faz para pedalar e equilibrar ao mesmo tempo, mas mal te sentas ela parece que te diz como fazer. Com o amor é o mesmo. Confia. VaiV ver que até aprendeste ccom não cair.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que tens razão Mafalda. E o amor também está nas pequenas coisas, nos gestos, no olhar, nas palavras. Se o alimentarmos, ele cá anda sempre :)

      Eliminar
    2. Está mal, este era o meu comentário... xD

      Eliminar
  11. Olá, surpreendente diz também, "já não sabe amar," alguém acredita? eu não acredito.
    Feliz fim de semana, amar e a ser amada.
    AG

    ResponderEliminar

  12. Add conteúdo do seu blog https://www.waaap.net

    ResponderEliminar
  13. Toda a gente sabe amar nem que seja a sua própria vida!! Amar não é só amar uma pessoa mas sim amar tudo aquilo que fazemos na vida,incluindo namorado ou não!! Esta é a minha opinião!!

    ResponderEliminar
  14. Saber amar é ousar expor-se, acima de tudo: no que se gosta, no que se quer, no que se pensa... Depois, haja convicção para colocar em prática tudo isto.
    Há dissabores pelo caminho? Pois há. Mas não há outra forma de tentar chegar ao pote do arco-íris, e sempre sem qualquer garantia de o alcançar. A vida é mesmo assim.

    Abraço, GM :)

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: