domingo, 20 de novembro de 2016

Expiação


Haveria de chegar o dia. Foi hoje. 
Internem-me faxavor que eu não tenho os sete alqueires bem medidos. 
Estava inscrita para um passeio de btt que se realizaria hoje e após uma sucessão de semanas difíceis que têm tirado o pior de mim resolvi, apesar dos alertas de temporal, meter-me à chuva e ao vento com a esperança de purificar o pensamento e me reconciliar com a gaja boa, aliás, boa gaja, que há em mim. 
A chuva até fazia fumo, do céu caiam bátegas de água tocadas e vento e da terra brotavam verdadeiros rios e lagoas. Andei três horas e meia nisto. O impermeável não foi impermeável, as meias à prova de água não foram à prova de água. A lama e o barro colavam-se aos pneus, as pedras escorregavam, dos pinheiros caíam paus e eu pedalava com dificuldade. Areia nos dentes e nos olhos, água a escorrer-me pelo regos das costas e outros regos vá, nada, nadinha estava seco. O marido atrás de mim comandava, mete uma a cima e pedala, apanha o grupo da frente, tira o cu do selim e sobe isso com genica, vá lá só falta um bocadinho, vá anda que está a chover cada vez mais, olha os paus, olha o riacho, vá pedala, ó mulher pedala! Não sei como não lhe atirei um pau à tola. Mas lá fui andando e se não fosse ele, tinha apanhado a estrada e pirava-me dali, desistindo, coisa que eu nunca faço.
A verdadeira expiação foi nos últimos dez quilómetros, já não podia mais e nem o facto de só faltarem dez quilómetros me animava. Disse tanta caralhada que até um nortenho se sentiria envergonhado se me ouvisse. O que é que eu fui ali fazer num dia como este? Ainda me sinto raivosa comigo própria, estive meia hora debaixo de água a ferver para descongelar mãos e pés e só a meio da tarde se me desengelharam as peles. Vi-me negra para tirar a lama do cabelo e a roupa ainda está de molho. Se já era pequena, hoje acho que encolhi.
Não me falem e bicicletas tão depressa.

39 comentários:

  1. fizeste-me rir, Maria.
    olha, estás de parabéns, e o marido teu também, por não te deixar desistir. que bom :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje foi difícil ana e esta minha pancada um dia ainda acaba mal. A ver se ganho juízo :)

      Eliminar
  2. Ópá magoei, eu sou nortenha e não digo palavrões ahahahahah

    Ora então encolheste de esqueleto, já na graça cresceste pa carago, dei umas boas gargalhadas.

    beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fazes muito bem Non. Eu hoje merecia pimenta na língua eu sei, mas ai que me souberam tão bem eheheh

      Eliminar
    2. Eu sei, as manas dizem que expiam a vesícula
      eheheheheh

      Eliminar
    3. eheheh essa já não tenho, expiei-a há uns tempos :)))

      Eliminar
  3. Duro, hein. Mas isso foi hoje e isso passa. Gaja Maria que gosta de bicicletas, não as larga por dá cá um temporal. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito duro Luisa, mas eu estava a pedi-las :) e tens razão, hei-de pedalar enquanto as pernas me deixarem .

      Eliminar
  4. Aposto que já mudaste de ideias e já estás pronta para outra!! É tão bom superarmo-nos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já pedalei muitas vezes à chuva Teresa e volto sempre a fazê-lo, não ganho tino pá! eheheh

      Eliminar
  5. Se isso é um passeio de BTT, da próxima vai a um passeio de canoa eheheh.
    Cada maluco com a sua mania.
    Esses últimos 10 Km, para mim eram os primeiros e os últimos. Isto se eu aguentasse fazer 10 Km de bicicleta sem me desmanchar. eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem que hoje tinha dado jeito uma canoa Zé, e também um escafandro e até umas barbatanas, atravessei poças com as rodas praticamente submersas. Credo! Só gente doida :))

      Eliminar
  6. :)))
    Para lá do que sofreste, excelente crónica, GM!
    (Hoje sentes-te encolhida, mas amanhã, após um bom sono, vais sentir-te a maior)

    Abraço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ummmm! AC, ja dormi e já acordei e continuo a achar que dou doida. Boa segunda :)

      Eliminar
  7. Tu vá tombê ahahahahah na cama pois claro, andas à chuva depois olha :) também dizes c@.......o?? ai ó pah ahahahah gostava de te ter visto :)
    Beijinho Gaja e bom inicio de semana.
    Instagram ∫ Facebook

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh então nao digo Mena? É o que faz pedalar com homens, trabalhar com homens, viver com homens :)) mas tenho um grande auto-controlo nessa área, agora no meio fo pinhal....

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Custou mas foi Cátia. E até ao momento nem constipada estou. Fiquei imune :)))

      Eliminar
  9. A culpa é da ana, ela fartou-se de pedir chuva e se calhar mandei demais... compenso-te noutro fim de semana, sim? sabes fazer sonhos? bolchinhas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Manel, tu e a ana saíram-me cá uns manda chuva... Sonhos? Faço tantos eheheh

      Eliminar
  10. Vá, deves ter expiado os pecados de dez anos. Agora só voltas a precisar de fazer o mesmo daqui a outros dez. Já quanto à tua "amiga", acho que se reconciliam já amanhã =P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lápis, não há pecados que se aproximem tão depressa e quanto à minha "amiga" isto é paixão, somos inseparáveis :)

      Eliminar
  11. Superpreendes-me sempre Gaja! Parabéns e parabéns ao marido pelo apoio.
    Aposto que apesar de tudo estas super orgulhosa de teres mais esta aventura para contar ;) É assim mesmo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. B, continuo a achar que tenho uma pancada do tamanho do mundo, mas que ganhei a admiração de muita gente, isso ganhei, já outros... concordam comigo, sou maluca :)))

      Eliminar
  12. é preciso muita vontade...eu não me aventurava...



    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E teimosia e loucura Isa. Havia de ter mais juízo :)

      Eliminar
  13. o meu rapaz foi fazer um trail de 32 km e também ficou como um pinto.
    admiro-vos. :)

    espero que já estejas quentinha :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já estou quentinha e nem me constipei, os micróbios ficaram congelados :)) Um trail de 32 kms? Isso é de valor, parabéns ao rapaz.
      Beijinhos

      Eliminar
    2. :) obrigada serão dados

      um dia destes vou eu

      Eliminar
  14. Bela descrição GM. Sabes o que é que me aborrece nestas situações? Nem é tanto a água a escorrer por aqueles sítios que deveriam estar secos. O que me aborrece é que se estraga o material (corrente, desviador, eixos de rotação ...).
    Estas voltas têm a vantagem de nos baixar as expectativas e alimentar a resiliência. Depois desta tudo o que vier é pão-de-ló. Não é?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estás certo João, para o fim nem os pratos mudavam nem as mudanças entravam, a bike tem de ir para a manutenção. E sim, depois deste tipo de coisas, nada nos pára :)

      Eliminar
  15. Oh GM, gabo-lhe a força de vontade... e a persistência. Eu não teria tanta força. Beijinhos Serena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me falem em pedalar à chuva tão depressa Serena :) Beijinhos

      Eliminar
  16. :))
    Tiro-te o chapéu, GM! Qual pequena, qual carapuça, vieste de lá maior, porque subiste ainda mais na minha consideração :)

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Miss Smile, mas isto já é loucura a mais :) Beijinho

      Eliminar
  17. Olá! Sei que já não venho comentar há "annoooss" mas venho espreitar sempre. E este post tinha de comentar porque o meu pai também foi a esse dito cujo passeio de btt. Só que ele não foi tão persistente como tu e desistiu passados 10 km ihih para não ser demasiado mázinha tenho de dizer que ele já não andava nestas andanças das bicicletas há uns bons anos e recomeçou há uns meses. Decidiu que era altamente ir com uns amigos a este passeio e pronto. Mas não se aguentou, diz que a chuva era tanta que mal conseguia pedalar :P às tantas ainda o viste por lá :D
    E parabens pela força de vontade porque pelos vistos aquilo era mesmo super complicado!
    *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Shizuka, há quanto tempo, está tudo bem contigo?
      Pois, muito provavelmente vi por lá o teu pai, não eram muitos os teimosos que lá estavam :) mas como não sei quem é, não te sei dizer. Talvez seja mais fácil perguntar-lhe a ele se me viu, eu era a única mulher naquela aventura de gente doida. Difícil mesmo. Grande beijinho para ti

      Eliminar
    2. Olá! Tenho este comentário aqui com aviso para responder há montes e montes de tempo. Mas espero agora andar mais por estes lados :)
      Está tudo bem por aqui, e contigo?
      Por acaso o meu pai quando chegou do passeio falou de uma rapariga que era a esposa de um amigo dele (tenho a sensação que ele me disse que ainda era primo, mas como já não tenho a certeza não te posso garantir, amanha confirmo!) e que até teve durante o almoço com o marido e com ela. De certeza que eras tu :)
      Beijinhoosss **

      Eliminar
  18. O palavreado faz bem à vesícula (eu também tomo essa pílula quando estou danado, sozinho claro está) quanto ao resto... o BTT tem riscos. Mas dá nervo.
    Bela peça, Maria.

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: