quarta-feira, 9 de julho de 2014

Porque não me apetece

Ali naquele recôndito local, naquele seu recanto de lilases floridos onde o sol espalha os seus raios todas as manhãs iluminando e alegrando-a, dando-lhe alento para mais um dia. Ali, naquele local, outrora livre e secreto, onde ela sempre se entregava de corpo e de alma às suas paixões, à sua loucura, acabou por ser o local onde foi calada, amordaçada, torturada, castigada e aniquilada até ao fim dos seus dias por aqueles que diziam ser os guardiões da paz e do bem, da justiça e do saber....
Cansada, chateada e em modo zombie até ás férias. E os zombies não falam.... Nem escrevem....

7 comentários:

  1. Dias melhores vêm aí Gaja se Deus Quiser...deixo-te ficar um jinho e um abraço e saio, respeitando a tua vontade, que te deixem em paz.

    jinhooooossss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Suri, estou como as marés, umas horas cheia, outras horas vazia, mas mar há sempre :)

      Eliminar
  2. então? tudo a ficar muito cinzento? fica então um alento em forma de abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje já chegou o sol, finalmente... Obrigada :)

      Eliminar
  3. Férias, a malta precisa de férias :)
    Fazer um reset...

    Tá quase, Gaja, estamos quase lá :)

    ResponderEliminar
  4. Para a maioria das pessoas a vida é difícil... O que nos 'vendem' é uma mentira!

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: