segunda-feira, 16 de junho de 2014

E se a mascara cai ?

Sob a máscara tudo se oculta - o Bem e o Mal. Tanto usam máscara o Zorro e o Superman como os ladrões e os terroristas. Realmente todos usamos máscaras, sem elas era impossível sobreviver. Sorrimos quando nos dão uma bofetada, choramos para obtermos o que pretendemos, montamo-nos nas nossas tamanquinhas para parecermos mais fortes do que somos, falamos mais alto do que os outros para os atemorizarmos, mostramos os nossos mísseis para paralisar de medo o inimigo, fazemos ar sonso para fingirmos que nem um prato seríamos capazes de partir, vestimos o nosso melhor fato para ninguém saber que estamos tesos, publicamos fotografias antigas para escondermos a idade, e que mais? Mas não era possível andarmos nus na rua, nós, os mais indefesos animais da Criação. Sem máscara, não conseguiríamos segurar as lágrimas nem o riso, seríamos incontinentes emocionais, o que nos deixaria à mercê da predação social.

In: Ramón Margalef, "Ecología". Ed. Omega, Barcelona, 1977

5 comentários:

  1. As máscaras caem, mais cedo ou mais tarde. Umas são usadas para proteger a privacidade, outras para enganar meio mundo. E no fundo, todos usamos máscaras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade! Por um motivo ou outro todos as usamos :)

      Eliminar
  2. só para dizer que gostei da análise! cai a máscara cai a ilusão! fica só a realidade! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é e por vezes é preferível a máscara à realidade.. :)

      Eliminar
  3. E depois também há (como eu) quem precisa de aprender ao longo da vida a usar máscaras porque nasceu sem essa capacidade...

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: