domingo, 6 de março de 2016

Sou como um rio

De águas aparentes calmas porém cheias de remoinhos interiores.
Os rios que eu encontro vão seguindo comigo..




30 comentários:

  1. Para se dar valor à calma, são necessárias algumas tormentas :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não houvessem tormentas nem a vida tinha sabor, verdade? Beijinho Noname

      Eliminar
  2. Nada que umas boas pedaladas não resolvam, digo eu que nem sei nada de remoinhos. ;))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já tive mais (remoinhos) mas as pedaladas fazem maravilhas :))

      Eliminar
  3. "Há mares" assim,feitos rios, que seguem connosco vida fora...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mares e rios fazem parte da minha vida, era incapaz de viver longe deles :)

      Eliminar
  4. Aparentemente às vezes parece que estamos bem, mas só nós sabemos.. né GM?
    Beijinho querida.
    Bom inicio de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, quem não me conhece diz que sou uma pessoa calma, mal sabem o que aqui vai eheheh. Jinho nina

      Eliminar
  5. Dizem que depois da tempestade, vem a bonança.Por vezes temos de ficar quietas, sem fazermos nada e deixar a vida acontecer. Deixar a tempestade acalmar. Depois de tudo calmo, tentar perceber como nos sentimos. Boa semana. E pensamentos positivos. Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É incrivel, mas a verdade é que a maioria dos meus dilemas e das minhas dúvidas, resolvo-as a pedalar :) Beijinho Chuva Prateada

      Eliminar
  6. A vida é feita de altos e baixos, e de muitas correntes que muitas vezes nos levam não sabemos para onde...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ás vezes temos de nos deixar levar para ver. Beijinho Isabel

      Eliminar
  7. e os rios têm tendência a encher...cuidado com o caudal!
    beijinho, GM.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este da foto já transbordou algumas vezes Mia, mas tu sabes :)) Beijinho

      Eliminar
  8. QUE INVEJA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! QUEEEERRRRROOOOOOOOOOO!!!!

    ResponderEliminar
  9. eu vi um rio estacionado ao lado de uma bicicleta; achei bonito.

    Um dia de águas tranquilas para ti.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rios e mares, nunca me afasto muito deles, contêm magia Teresa. Beijinho

      Eliminar
  10. Respostas
    1. É por isto que nunca largo a máquina, nem quando pedalo Chic'Ana. Beijinhos

      Eliminar
  11. Em nós, corre sempre um rio sem princípio nem fim.

    Boas pedaladas, GM :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E que nos acompanha em muitas das nossas horas, boas e menos boas MS. Beijinho

      Eliminar
  12. Respostas
    1. Queria levá-los no bolso mas são imensos esperto, por isso guardo-os na máquina :))

      Eliminar
  13. Nunca desejei assim tanto ser algo...menos ainda, uma bicicleta :-)

    ResponderEliminar
  14. Nunca desejei assim tanto ser algo...menos ainda, uma bicicleta :-)

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: