quarta-feira, 23 de março de 2016

Vinte cinco!

O vestido era lindo, foi paixão á primeira vista, branco, muito justo marcando-lhe a cintura fina, coisas de gaja antiga, claro, que agora de fina não tem nada, mas agora isso também não vem ao caso, sei que era todo rendado, bordado a finas pérolas, deixando-lhe as costas e os ombros magros á mostra, alargando nas ancas numa saia de folhos sedosos e ondulantes que a faziam sentir-se uma princesa e terminando numa cauda comprida que ele teve imenso cuidado em não pisar assim que ela chegou ao altar. O cabelo apanhado, decorado com pequenas flores, as luvas, os sapatos altíssimos que tanto tempo demoraram a encontrar devido ao pequeno tamanho de seu pé. E o ramo, lindo, de orquídeas também brancas, singelas, escolhido pela mãe com todo o carinho.
Se houve momentos desse dia que ela não consegue recordar pois foram vividos como que num sonho do qual se esfumam algumas partes, a imagem da igreja, repleta de flores e de gente, os olhares e os sorrisos enternecidos dos familiares, as graçolas dos amigos, a lágrima dela no canto do olho prestes a borrar a pintura, os cestos de pétalas e arroz que iriam cair por cima de si assim que chegasse á rua, já de aliança brilhante no dedo, o orgulho do pai ao conduzi-la ao altar e ele, tão bonito, no seu fato com lista de cetim preto e o papillon tão bem composto, a camisa de um branco imaculado. A imagem dele á espera dela, isso nunca irá esquecer.
Já lá vão vinte cinco anos.

32 comentários:

  1. Parabéns =) Que venham muitos mais e muito felizes!

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Voa mesmo Imprópria, nem sei como passou tão rápido :)

      Eliminar
  3. Parabéns aos dois. Já não são muitos os casais que contam 25 anos na companhia um do outro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, nem sempre as coisas correm como o esperado e os contratempos são mais que muitos Alice. No meu caso tem corrido bem :)

      Eliminar
  4. Ohhhhhhh que lindooooo. Isso é amor. Beijinho Gaja. Se és feliz que venham mais. Muahhhhh ☺

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim nina, quando é bom para os dois há que continuar. Obrigada

      Eliminar
  5. Amor assim, de tão belo, é uma espécie de "amor perfeito", como a flor em tons e grená. Parabéns pelo dia e pelas memórias....

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. Obrigada Vizinha :) com tantos anos a cintura é pormenor ;))

      Eliminar
  7. Volto.
    "O vestido era lindo (...)". Se for senhora de tradições.... "O vestido É lindo (...)"!
    Fraterno abraço, com a devida vénia pelo gosto de gostar das suas memórias...

    ResponderEliminar
  8. Prontus tu e as memórias lamechas (mas lindas) até fiquei com uma lágrima ao canto do olho

    :)
    Parabens GM

    ResponderEliminar
  9. Que linda descrição :) muitos parabéns e muitas felicidades! :D

    ResponderEliminar
  10. Que bonito, GM! Que venham mais vinte cinco e que deixem tão boas lembranças como estes primeiros.
    Parabéns aos dois :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Awww (= Parabéns! Que venham os próximos 25!

    ResponderEliminar
  12. Parabéns, esse dia nunca se esquece :) beijinho*

    ResponderEliminar
  13. Muitos parabéns :), que venham muitos mais...:)

    ResponderEliminar
  14. olha, GM, os meus parabéns dados na hora certa, desapareceram. mas não são mai teimosos que eu. repito: parabéns!

    ResponderEliminar
  15. Parabéns pelas lindas bodas de prata!
    Ontem (23-03) também fiz anos de casada, 14.
    :)

    ResponderEliminar
  16. Ontem queria comentar aqui este post, mas ainda espero vir a tempo: muitos parabéns, querida GM, que o amor continue sempre a unir-vos.
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  17. Vinte e cinco, já construíram muita coisa juntos. Parabéns!

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: