terça-feira, 19 de janeiro de 2016

O cagagésimo

Bem no fim da gota cair e fazer transbordar o copo, soltanto um chorrilho de emoções,  outras tantas expressões e mais uns quantos palavrões que não  puderam ser travados durante aquela fração de segundos em que a névoa passa pelos olhos, o fumo pelo cérebro e a mola destrava a língua soltando-a, o cagagésimo de segundo que faz a diferença, o abismo que se abre entre o dizer e o não  dizer vem fazer das suas. Bem no fim da gota cair fico aqui pensar, filha da puta da gota mais do  cabrão do cagagésimo de segundo!

12 comentários:

  1. ahahahahah
    ahahahahah
    Ele há gotas mesmo cabras

    Toma lá um kleenex
    :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Puxa vida né? Tenho de pôr abs nos travões :)))))

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Um cagagésimo não dá para travar a tempo, haviam de aumentar essa coisa :))))

      Eliminar
  3. E se limpasses a gota em vez de a insultares, humm?

    :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E achas que num cagagésimo eu sou capaz???? É que nem pensar. É tipo: é tão bom não foi? Eheheh

      Eliminar
  4. Conheço a sensação ... é por isso que ando sempre com uma bolacha à mão para servir de batoque ao chorrilho de palavras, que tenta sair pela boca ao cagagésimo de segundo! ;)

    ResponderEliminar
  5. Não há quem o controle, raio do cagagésimo ! -.-
    Deixa lá!

    ResponderEliminar
  6. É pah isso é tramado.. cagagésimo?? essa palavra vem de que verbo?? lol
    Pois é my dear falta de abs em muita coisa!!Deixa lá que não és única... aqui há dias também me faltaram :))

    ResponderEliminar
  7. Não consegui concentrar-me em mais nada depois de ler a palavra cagagésimo. Onde raio inventaste isso? :D haha

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: