segunda-feira, 29 de março de 2021

12/2021

Enquanto peno a pedalar serra acima para chegar ao painel onde as vistas são fantásticas, imagino-me em 1950, a entrar no avião, de farda azul e a puxar um pequeno trolley toda aperaltada. A andar direitinha nos saltos agulha sem que estes me lixassem os pés, a maquilhagem perfeita, com o eyeliner direitinho e sem sardas à vista no nariz. As meias sem um puxão, o cabelo apanhado numa banana perfeita, a saia justinha e impecável e um sorriso de orelha a orelha, mostrando uns dentes mais brancos que os de um castor.
Depois imagino-me à entrada do avião, a receber os passageiros cheia de salamaleques e simpatia, a prometer uma viagem maravilhosa e por fim, imagino-me e espreitar pela janela e a ver o avião aterrar em Nova Iorque, Paris ou Abu Dhabi. Suspiro!
E no final de contas vejo-me masé ali, a chegar lá acima descabelada, de capacete ao lado, o pingo de suor a escorrer coluna abaixo, as pernas a gritar socorro, toda suja de pó e de lama e a perscrutrar a paisagem. De facto, tenho feito umas viagens maravilhosas. No último ano, estas que faço de bicicleta, à socapa da Gnr por causa dos limites dos concelhos e antes da hora do recolher, têm tido um gostinho especial.
É como se visse e respirasse o mundo pela primeira vez. 

21 comentários:

  1. Nada como um confinamento, para que se volte a dar valor a coisas singelas de tamanho infindável. Ir ali num instante, arregalar os olhos ao infinito, encher o peito de ar e soltar devagarinho, sabe pela vida. :-)

    GNR-Gaja Nostálgica e Reguila

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Non, adorei a tradução 😊😘😘
      Sentir que estamos vivos e a viver é maravilhoso. Beijinhos

      Eliminar
  2. Às vezes viver no limite do permitido também faz ferver um bocadinho o sangue. e é bom. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Alice, sei de alguns ciclistas que foram autuados só porque sim, depende da pessoa em nome da autoridade, por isso não convém aparecer😊

      Eliminar
  3. Coisas que parecem simples como é andar de bicicleta por vezes espicacam a nossa imaginação fazendo-nos voar por destinos imaginários. Mas não é o sonho que comanda a vida?
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso Ryk@ardo. Nesta altura tudo serve para nos fazer sonhar e voar 😊

      Eliminar
  4. Concordo plenamente com o comentário da Noname :))
    -
    Algures duma janela tão distante...
    -
    Um excelente dia - Beijos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cidália, pois em muitas coisas serve de ensinamento e para nos recordar que precisamos de tão pouco para sermos felizes. Beijinho

      Eliminar
  5. Uma forma de estar e um sentido de humor inconfundíveis. Ah, grande GM!

    Um beijinho, mesmo com lama :)

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. Não deixa de ser uma transgressão, mas na serra no meio do nada não há ajuntamentos sociais :)

      Eliminar
  7. Será que a PAN AMERICAN volta a vir a Lisboa ?! Gostei do texto !

    ResponderEliminar
  8. Belíssima, a vista do Reguengo.
    Não há dúvida, voas mesmo muito alto.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo Magui. Custa chegar lá acima mas depois compensa:)
      Bjinho

      Eliminar
  9. Sempre animada, amiga.
    Boas pedaladas e uma Páscoa tão feliz quanto possível.
    Abraço e saúde

    ResponderEliminar
  10. Páscoa Feliz Gaja Maria junto dos Teus !

    ResponderEliminar
  11. Já lá vão quase duas semanas, e de novo post a GM diz nada. Que se passa?

    Boas pedaladas, GM :)

    ResponderEliminar

Quem quer pensar comigo: